Valsa com Bashir

thumb_waltz_with_bashir1 Nome original: Waltz with Bashir

Ano: 2008

Países: Isreal, Alemanha, França, EUA

Gênero: drama

Achei: ótimo

Quando um amigo que servira com ele no exército conta sobre os pesadelos que tem sobre a Guerra do Líbano, Ari Folman descobre que não tem nenhuma memória do período. Ele começa a procurar pessoas que estiveram lá para recuperar suas lembranças e saber qual seu papel no massacre de Sabra e Shatila, um campo de refugiados palestinos.

“Valsa com Bashir” é um filme diferente. Para um filme que é considerado um documentário, ele se afasta bem das convenções do gênero. A forma como ele se desenrola, como um processo psicanalítico de regressão, em que vai-se pulando de memória em memória até alcançar aquela de um acontecimento traumático que foi suprimido, com direito a cenas surreais, é um dos motivos porque eu não o considero um documentário. O estilo visual é impactante, e muito bem executado. A trilha sonora é diferente do que eu esperava, cheia de músicas pop. O filme se assemelha mais a “Apocalipse Now” que a documentários de guerra. Um filme sobre a loucura e a estupidez da guerra e como lidamos com isso.

Trailer:

Onde encontrar: este filme entrou em cartaz há pouco tempo, vá ao cinema!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: